Social Icons

1


sexta-feira

Homem morre soterrado em Pedreira em Antônio Martins, RN

Antônio Martins (RN) - Um acidente trágico na tarde dessa quinta-feira (27) chocou a população de Antônio Martins, município situado na região do alto oeste potiguar.
Um homem identificado apenas como Antônio de Zé Caboclo, morreu soterrado em uma pedreira, localiza no sítio Raposa, zona rural do município. 
Antônio e outros funcionários quebravam pedras para a construção civil e não se tem informações concretas se houve uma explosão, atividade comum nesses locais para desprender os blocos de pedra, ou se uma pedra se desprendeu e caiu sobre a vitima que morreu esmagada na hora sem chance de socorro médico. 
Uma equipe o Itep se deslocou ao local para recolher o corpo assim como a Polícia Militar que estava isolando o local do acidente 
Antônio de Zé caboclo era bastante conhecido no município e morte dele gerou muita repercussão.

Com informações e foto Antonio Martins News

Igreja de Cristo em Rodolfo Fernandes comemora nesse sábado (28) seu 12º aniversário


A Igreja de Cristo em Rodolfo Fernandes/RN, celebra amanhã (28), seu 12º aniversário com vasta programação.
O evento contará com a participação do Pr. Wanderley Fernandes, o Dc. Raimundo Acelino e o missionário João Paulo.
Nos louvores a cantora Léa Costa e a banda Filhos do Rei.
As festividades terão início a partir das 19:30 horas.
Todos estão convidados.

Riacho da Cruz: SEMAS Secretária Ciena Diógenes participa de Reunião do COEGEMAS-RN em Natal/RN

A Secretária Municipal de Assistência Social - Ciena Diógenes participa nesta sexta-feira, 27 de Fevereiro, da Assembleia Geral Ordinária do Colegiado Estadual do Gestores Municipais da Assistência Social do Rio Grande do Norte - COEGEMAS-RN, em Natal/RN. Na oportunidade, a Secretária do município de Riacho da Cruz/RN fez parte da composição da Mesa de Abertura dos Trabalhos do dia, que, dentre outros assuntos, têm como Pauta: Boas-vindas aos Gestores e Técnicos, apresentação de Boa Prática (Municipalização do SUAS no município de Guamaré), espaço para a CAOPI apresentar plano de trabalho para ajudar os municípios a construírem seus planos juntamente com outros parceiros e encaminhamentos sobre os atrasos nos repasses federais.

Da Assessoria

Passageira potiguar natural de Drº Severiano morre durante voo de São Paulo para Fortaleza

avianca

Um voo da Avianca, que saiu de São Paulo na manhã desta quinta-feira, 26, com destino a Fortaleza, precisou realizar um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O motivo emergencial foi a morte de uma passageira do Rio Grande do Norte, após a decolagem da aeronave.
De acordo com a Polícia Civil de Belo Horizonte, a vítima foi identificada como Maria Edlene Vieira da Silva, 37 anos, natural de Doutor Severiano (RN). Ela viajava com três filhos para a capital cearense e passou mal a bordo do avião, antes de morrer. Segundo a Avianca, após ser informado sobre o ocorrido, o comandante do voo imediatamente alternou o pouso para o aeroporto de Confins, o mais próximo e com infraestrutura adequada para atender os passageiros.
A Polícia Civil informou ao O POVO Online que peritos do Instituto Médico Legal (IML), de Belo Horizonte, recolheram o corpo do avião. A previsão é que seja liberado por volta das 19h desta quinta-feira. Em nota, a Avianca afirma que está prestando assistência aos familiares da passageira e colabora com todas as autoridades envolvidas. A companhia aérea informou que os demais passageiros aguardaram no Aeroporto Internacional de Confins a chegada de uma nova aeronave para transportá-los até o destino final.

Fonte: Robson Pires via Márcio Melo

Pastor Evangélico foge ao ganhar 31 milhões na mega


Um Pastor evangélico, identificado como Bruno Monteiro, da igreja Assembleia de Deus Monte Santo, é o dono do bilhete da aposta feita em Teresópolis (RJ), ele acertou as seis dezenas do concurso 1.480 da Mega-Sena, e levou o prêmio de R$ 31.618.202,79. Depois 80 dias ele sacou o dinheiro.
Segundo informou a caixa o Pastor fez o saque e afirma que nunca havia apostado, mas recebeu uma revelação em sonho, em que ele via os números que o fariam prosperar na terra.
Ao acordar, não pensou duas vezes, correu até uma casa lotérica, e fez sua aposta. Ao conferir o resultado do sorteio, a suposta "Revelação" se confirmou.
Os números sorteados foram os mesmos que ele havia apostado: 09 - 14 - 21 - 26 - 36 - 52. Portanto, ele ganhou sozinho o prêmio de mais de 31 Milhões e seiscentos mil Reais. 
A igreja em Teresópolis está sob os cuidados do segundo dirigente, uma vez que o pastor Bruno Monteiro fugiu com a família. A direção da Assembléia de Deus informou que está providenciando um novo ministro para assumir a direção da igreja e espera que o novo milionário congregue a igreja central da AD. 
Membros da igreja acreditam que essa informação de revelação foi um meio que ele usou pra não sujar a imagem diante dos fiéis e atribuir a Deus o prêmio do jogo.
Alguns acreditam que o pastor deveria retornar e abençoar os irmãos porque ele sempre cobrava o dízimo, mas ganhou e não deixou um real.

quinta-feira

Prefeito Dagoberto Bessa doa seu salário do mês de dezembro para premiação do "Aluno Nota 10"

Na Jornada Pedagógica de 2014, o prefeito Dagoberto Bessa, prometeu doar um mês de seu salário para premiar 9 alunos da rede municipal de ensino de Severiano Melo.
A promessa foi cumprida e ontem (25), no último dia da Jornada Pedagógica de 2015 a premiação foi entregue.
O prêmio intitulado "Aluno Nota 10" contemplou com R$ 1.000,00 (Hum mil reais) cada aluno do 1º ao 9º ano das escolas municipais Zilda Augusta e Ricardo Sérgio.
Em seu discurso, Dagoberto Bessa destacou a importância dos investimentos feitos na educação e frisou que somente através dela poderá haver mudanças na sociedade.
Para Dagoberto, “o prêmio tem como objetivo principal, incentivar os alunos na busca do conhecimento e desenvolvimento de suas capacidades”; e ressaltou que pretende continuar e até aumentar a premiação para motivá-los ainda mais.
Desde que assumiu a Prefeitura de Severiano Melo em 2013, Dagoberto reformou (com recursos próprios da Prefeitura) três unidades de ensino – Unidade de Ensino Malhada Vermelha; Unidade de Ensino Coração de Maria (Floresta); e a Escola Municipal Zilda Augusta de Paiva (sede). A escola Zilda Augusta de Paiva também está recebendo uma Quadra Poliesportiva com Vestuário. 
A obra está orçada em R$ 516.140,15 (quinhentos e dezesseis mil, cento e quarenta reais e quinze centavos).











  






















Lucena: “José Agripino era a reserva moral e se desmancha como castelo de areia”

Lembra o senador Demóstenes Torres, do DEM de Goiás, que foi cassado em 2012 pelo Senado por quebra de decoro parlamentar por favorecer o bicheiro Carlos
Cachoeira, ficando inelegível por oito anos? Pois bem, para o vereador petista Fernando Lucena, o senador potiguar José Agripino Maia (DEM) trilha o mesmo caminho. “Acho que o caminho de Agripino está parecido com o de Demóstenes, também tido à época como uma reserva moral da direita, mas que caiu como castelo de areia. Infelizmente é o que está acontecendo”, disse o vereador, ao falar com a reportagem de O Jornal de Hoje nesta manhã.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura de inquérito para investigar o senador José Agripino. O pedido tem por base a delação premiada do empresário George Olímpio, pivô do esquema de corrupção da inspeção veicular no Rio Grande do Norte. Conversas gravadas pelo empresário comprometeriam José Agripino, que teria solicitado e recebido mais de R$ 1 milhão em propina para ser lobista do esquema junto ao governo do DEM no Estado, a cargo da então correligionária do senador, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM).
Para Lucena, é lamentável que o senador Agripino esteja envolvido em um escândalo como esse. “Você não aponte os defeitos dos outros com os dedos melados. Agripino era a reserva moral da direita e agora se desmancha como castelo de areia”, frisou o vereador, ao fazer referência à postura de Agripino de sempre atacar o governo federal, durante as gestões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da atual presidente Dilma Rousseff.
Apesar da crítica, o vereador ressalta que o momento como um todo está sendo péssimo para classe política. Ele compara a atividade política com a do Poder Judiciário, destacando que os escândalos, embora existam em todos os poderes, ganham maior destaque na política. “Isso não é bom. É muito triste para a classe política, porque ela vem sofrendo muito. Os outros poderes, como o Judiciário, têm escândalos, mas não rendem na mídia, mas quando é político, fazem um carnaval. Hoje em dia, para ter vida pública decente e limpa, a pessoa nivela por baixo e não por cima”, frisou.
Conhecido como “metralhadora humana”, por criticar sem dó nem piedade as mazelas da administração pública e as incoerências políticas, Lucena mantém a posição de que a corrupção é uma praga. Ele defende a pena de morte para corrupto, por considerar ser crime que destrói a sociedade em massa e em cadeia. “O corrupto é mais criminoso que o estuprador. O estuprador estupra quatro mulheres e é preso, mas o corrupto mata a criança, tira curativo do hospital, é um câncer social, e fica impune. O corrupto está em todos os partidos. Ninguém venha dar uma de santinho. Tem bandido em todos os partidos. Se o PT tem, tem que ser punido. Se o PSDB e o DEM têm, a mesma coisa. O partido não pode ser culpado, porque é apenas quem elege; o instrumento da sociedade para ter representação”.

Prefeitura de Natal é omissa ao não cobrar dívida milionária do Seturn
Presidente da CEI do SETURN, o vereador Fernando Lucena criticou a omissão da prefeitura de Natal quanto ao cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Pelos termos do documento, assinado em 2008 por Carlos Eduardo, todas as frotas de ônibus deveriam ser adaptadas a pessoas com deficiência física, sob o risco de multa diária de R$ 10 mil reais. Pelos cálculos da Procuradoria da Câmara, a multa, atualizada, seria, hoje, de R$ 19 milhões, e deveria ser paga pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos do Rio Grande do Norte (SETURN).
“Em cima disso o prefeito baixou um decreto, de número 8.519, de 27 de agosto de 2008, com a regulamentação do TAC. E esse decreto não foi revogado. Como não houve o cumprimento, inclusive a entrega dos 20 micro-ônibus, o TAC está valendo e a Prefeitura não cobra ao SETURN a multa de R$ 19 milhões”, diz Lucena, afirmando que a CEI do SETURN está comprovando que a relação da entidade com a STTU “é promíscua e diria que totalmente afronta o cidadão natalense”, afirmou, defendendo que essa relação tem que ser revista. Para ele, se não existisse a STTU, seria muito bom para Natal, porque é um órgão que não funciona e é omisso, fazendo apenas o que o SETURN determina.
“Nós vamos defender a apuração rigorosa disso. Vamos encaminhar ao Ministério Público”, afirmou o vereador, informando que a CEI chegará a termo em maio, quando o relatório deverá ser votado pelos vereadores. Entre as medidas que já se encontram prontas para ser encaminhadas por meio da CEI está a regulamentação do transporte público. “O empresário quer GANHAR DINHEIRO, mas não pode ganhar de forma irregular”.

Secretaria de Educação de Severiano Melo realizou Jornada Pedagógica 2015 com sucesso

A secretaria de educação de Severiano Melo, realizou de 23 a 25 de fevereiro a Jornada Pedagógica que trabalhou o tema “Habilidades e competências no contexto atual: da teoria a prática, do planejamento a avaliação”.
A abertura foi feita pelo prefeito Dagoberto Bessa.
Michelle Mayra Palmeira Cordeiro - Professora, Pedagoga/UEPB, Psicopedagoga Institucional e Clínica, Presidente (voluntária) da Apae, Cursos de Aperfeiçoamento em AEE e Autismo - falou sobre "Educação Inclusiva na perspectiva do Atendimento Educacional Especializado - AEE".
Michelle Mayra
A Pedagoga (Pós Graduada pela UERN em Formação ao Educador, Coordenadora Pedagógica e Coordenadora do Mais Educação no município de Pau dos Ferros, e Presidente do CMDA - Conselho Municipal da Criança e do Adolescente) Alexandrina Maria da Silva; falou sobre:
"Programa Mais Educação: avanços e desafios para uma estratégia indutora da educação integral em tempo integral".
Alexandrina Maria
E Francicleide Cesário de Oliveira Fontes - Mestra em Educação pelo POSEDUC/UERN, Especialista em Formação ao Educador pelo CAMEAM/UERN, Graduada em Pedagogia, Professora Assistente III, e Chefe do Departamento de Educação do CAMEAM/UERN - fala sobre:
"Planos de Educação: da organização de metas à materialização de estratégias".
Francicleide Cesário
Da Assessoria

Procuradoria-geral da República já teria a gravação de chantagem feita por Agripino

A palavra de três dos réus da Sinal Fechado e mais documentos de movimentações bancárias feitas por George Olímpio não são as únicas provas enviadas a Procuradoria-Geral da República, contra o senador José Agripino, presidente nacional do DEM, por suposto envolvimento no esquema denunciado na Operação Sinal Fechado. Há informações de que George Olímpio teria também gravado o diálogo feito com o parlamentar no dia em que ele cobrava a propina de R$ 1 milhão para manter a inspeção.
O áudio enviado para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, confirmaria o conteúdo do depoimento prestado por George Olímpio após assinar a delação premiada com o Ministério Público do RN. Ou seja: confirmaria que José Agripino cobrou R$ 1 milhão em doações para a campanha dele, em 2010, quando foi reeleito senador da República.
O Ministério Público do RN – que reuniu os elementos (depoimento e documentos) contra José Agripino e os enviou para a Procuradoria-Geral da República, órgão responsável por investigar senadores, detentores de foro privilegiado – não confirmou a existência desse áudio. Essa nova prova teria sido enviada diretamente para a PGR, pelo réu, sem passar pelo MPRN.
Em depoimento divulgado nesta semana pelo MPRN, George Olímpio conta que foi procurado pelo ex-suplente de Agripino, João Faustino (que faleceu em 2014), entre o final de agosto e o início de setembro de 2010. Faustino teria marcado mostrado pesquisas que davam a vantagem a candidata do DEM, Rosalba Ciarlini, e sugerido que George agendasse uma reunião com Agripino.
“Conversamos amenidades e tal e quando ele me apresenta a pesquisa eu já caí na real que ali representa alguma coisa”, afirmou George Olímpio no depoimento prestado ao MPRN, antecipando que sabia que a procura de João Faustino representava o início da negociação para doação de campanha.
Apesar de boa parte do depoimento de George Olímpio confirmar a delação premiada de outro réu, Alcides Barbosa, e, consequentemente, também de Gilmar da Montana, eles diferem em alguns momentos. “Aquele negocio que Alcides falou de festa, de coquetel, aquilo ali não existiu. Coquetel para tratar de propina, não existe. O que existe é o que estou dizendo”, afirmou George.

Delator fez empréstimo para pagar propina a Agripino
De acordo com George Olímpio, Agripino cobrou R$ 1 milhão para ele, porque o valor seria o mesmo doado para a campanha de Iberê Ferreira. “Eu disse: ‘olhe, posso participar da campanha do senhor, mas estamos num momento de muito aperto. A condição que a gente vai ter melhor é a partir de 2011′. Aí ele: ‘E quanto é que você pode dar agora?’ Fiz uns cálculos rápidos. Aí ele: ‘Então me arrume R$ 500 mil’. Aí eu: ‘olhe, também não tenho condição de arrumar R$ 500 mil’. Aí eu disse ‘olhe, tenho condição de arrumar já R$ 200 mil para o senhor’, porque para mim aquilo foi um aviso muito claro que, ou você participa, ou você perde a inspeção. Uma forma muito sutil, mas uma forma de chantagem”, relembrou.
O réu da Sinal Fechado afirmou que, em outra conversa com o senador, conseguiu juntar R$ 300 mil para doar para ele e acertou que o restante, os R$ 700 mil cobrados por Agripino, seria garantido por meio de empréstimos (conforme sugestão do próprio senador) junto a Marcílio Carrilho, presidente municipal do DEM, e Ximbica, empresário e que na época era suplente de Agripino – seria substituído naquele ano por João Faustino.
Com Carrilho, George Olímpio conseguiu R$ 400 mil e, com Ximbica, R$ 300 mil. A dívida rendia juros de R$ 25 mil por mês e essa quantia era a única que George Olímpio contou que conseguia pagar até fevereiro de 2011 – depois, com o cancelamento da licitação da Inspeção Veicular, nem isso conseguiu.
A dívida foi então assumida por “ele”, José Agripino. “Eu só tinha como pagar com a inspeção rodando. Eu não tinha como pagar sem isso. Mas eu paguei os juros e os R$ 300 mil. Foram R$ 450 mil mais o nome emprestado para esse dinheiro ir para ele”, relembrou George Olímpio.

Áudio de João Faustino confirma propina para Agripino
Um “direito certo”, mas que precisava do apoio do senador José Agripino para ser validado. Era assim que o réu George Olímpio via a inspeção veicular no Rio Grande do Norte ou, pelo menos, foi isso que ele demonstrou em conversa gravada por ele com João Faustino, falecido no ano passado. A gravação, entregue pelo réu ao processo, foi liberada pelo Ministério Público do RN na tarde desta terça-feira, e reforça o depoimento de George prestado após a delação premiada. Reforça, também, os pagamentos feitos para a campanha do senador e da governadora do DEM, que, aparentemente, eram de conhecimento de outros envolvidos, como João Faustino e Carlos Augusto Rosado, marido de Rosalba Ciarlini.
Durante o dialogo, George Olímpio relembra a João Faustino o que foi doado para a campanha do senador e pede que Agripino interfira no entendimento do Executivo com relação à inspeção veicular. Segundo George Olímpio, Agripino deveria ligar para o então procurador-geral do ESTADO, Miguel Josino (falecido também no ano passado), e para a governadora Rosalba Ciarlini, e dizer para eles entenderem a lei aprovada na Assembleia Legislativa como “constitucional”.
Essa seria a “solução administrativa” proposta por George, consequência do receio dele de ser julgado pelo Tribunal de Justiça, mesmo tendo um “direto certo”. O réu, inclusive, ressalta o desejo de levar o caso para julgamento na Justiça Federal – o que acabou não se viabilizando e o processo seguiu no judiciário potiguar.
Relembra-se que essa é apenas uma das várias gravações feitas por George Olímpio e entregues ao MPRN após a assinatura da delação premiada, motivada, segundo ele, pela falta de apoio dos demais envolvidos e o “arrependimento” por sua conduta.
Miguel Josino, por sinal, seria o principal obstáculo para a mudança do entendimento dessa lei, por julgá-la inconstitucional. O posicionamento do jurista é exposto por João Faustino em narrativa sobre o encontro que ele teve com Carlos Augusto. “Ele lembra de tudo”, afirma Faustino para tranquilizar George Olímpio e dizer que o marido de Rosalba está ciente que foi ajudado durante a campanha pelo réu.
“(Lembra da) participação do consórcio na campanha e até uma participação mensal depois da campanha”, afirma João Faustino, frisando que Carlos Augusto até comentou: “Essa participação mensal, eu dispenso”.

Fonte: Jornal de Hoje

quarta-feira

Ambulância pega fogo quando transportava paciente de Areia Branca para Hospital em Mossoró


Uma ambulância da cidade de Areia Branca pegou fogo,quando transportava um paciente, para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró. 
O fato aconteceu na noite desta terça feira 24 fevereiro 2015 no Km 22 da BR 110 próximo ao Canto do Amaro. 
A Polícia Rodoviária Federal e o corpo de Bombeiros foram acionados através dos policiais da ROCAM 03 Sargento Renixon Alan e Francerli, que passavam nolocal no momento do acontecimento. 
Segundo Sargento Renixon, motorista e paciente conseguiram sair a tempo da ambulância, sem se ferir.




Fonte: Fim da Linha